top of page

MULHERES QUE CORREM COM OS LOBOS


Círculo de leitura e vivências terapêuticas Livro: Mulheres que Correm com os Lobos.


O que é? Uma jornada iniciática individual a ser realizada em grupo com potencial transformador, vamos formar um círculo e nos reunir mensalmente para realizar a leitura dos contos do livro Mulheres que Correm com os Lobos da psicóloga Clarissa Pinkola Estés. Vamos ler um conto a cada encontro, comentar a respeito dos ensinamentos contidos nas histórias, realizar atividades e vivências terapêuticas para imersão, autoconhecimento, reconexão com a essência feminina, com a intuição, despertar e voltar a ocupar o corpo.


Para quem? Para quem se sente impotente, hesitante e incapaz; Para quem escolheu relacionamentos, empregos ou amizades que esgotam a sua energia;

Para quem está sofrendo por viver em desacordo consigo;

Para quem está inerte, inconstante ou vacilante;

Para quem não consegue seguir a sua caminhada; Para quem não sabe fixar limites;

Para quem se preocupa demais com a opinião alheia;

Para quem se sente distante do seu Deus ou dos seus deuses;

Para quem se envolve exageradamente na domesticidade, no intelectualismo, no trabalho, na inércia, pôquer é esse o lugar mais seguro. Para quem perdeu os próprios instintos…


Sobre o que iremos falar ou aprender? A semelhança da reputação associada a mulheres e lobos

A reconhecer as instruções nas histórias que apontam o caminho de volta A encontrar a porta a ser aberta com palavras, canções, instrumento e nome A recolher os ossos daquilo que um dia teve vida em sua vida Associar, remontar, resgatar o que está despedaçado e solto A reconhecer armadilhas, e como sair de uma arapuca


A ouvir com todo o seu ser

A confiar mais em si A se reconectar consigo A se reconectar com o coletivo A como abandonar os rótulos A despertar e habitar o seu corpo

A permanecer consigo

A se reencontrar, caso tenha se perdido de si

A importância dos sentimentos e emoções A assumir a sexualidade sem culpa A estabelecer limites A como navegar no mar de segredos ocultos



Se você leu até aqui você deve saber se esses encontros são para você ou não, mas talvez ainda restem dúvidas e a principal delas talvez seja: Mas que tipo de mulher corre com lobos, terei que ser selvagem? Terei que abandonar hábitos civilizados? O arquétipo selvagem nesse caso se refere ao resgate da atenção plena naquilo que realmente importa para existência da mulher de forma íntegra e não apenas na superfície. O movimento causado pela leitura guiada dos contos e a realização dos exercícios terapêuticos te aproximará internamente da sua natureza instintiva, restabelecendo gradativamente a conexão com a sua essência para que você possa aprender a direcionar a sua energia para as coisas que realmente importam e merecem atenção.


Para saber mais nos chame no whatswapp: (11) 99725-3830

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page